iphone-7-vs-galaxy-note-7

Os novos iPhone 7 e iPhone 7 Plus foram apresentados, repetindo a tendência dos últimos anos. Porém, a Samsung apresentou antes o seu Galaxy Note 7, que apesar de contar com os seus problemas de bateria, é um dos modelos mais cobiçados do ano entre os dispositivos com telas de grande dimensão.

E o duelo está feito.

De um lado, um iPhone 7 Plus menor. Por outro lado, um Galaxy Note 7 com suas características exclusivas. O iOS vs Android com a TouchWiz. Um duelo entre os dois maiores fabricantes do mercado de smartphones.

E esse post, mostramos as principais semelhanças e diferenças entre os dois modelos.

Duelo de personalidades no design

Os dois competidores foram conservadores nesse aspecto.

O Galaxy Note 7 herdou os detalhes do Galaxy S6 e Galaxy S7, incluindo a tela curva da linha Edge de série. Jà a Apple evoluiu o design do iPhone 6s em porções mínimas.

Os dois contam com metal e cristal nos seus materiais, e a diferença de tamanho não é determinante, salvo que a Samsung aproveitou melhor a parte frontal, com uma tela maior (5.7 contra 5.5 polegadas) e com maior resolução (QHD contra Full HD).

 

A Apple manteve o 3D Touch, mas os dois modelos contam com um botão Home com leitor de digitais, apesar de que no iPhone 7 ele não ser mais físico.

São dois designs elegantes, o que torna a escolha difícil nesse aspecto. Ambos estão em um nível muito acima de boa parte da concorrência.

Potência com controle serve de muita coisa

 

apple-a10

 

A Samsung repetiu o seu Exynos 8890, sem muitas melhorias. A Apple apresenta o novo chip Apple A10, que na versão single core apresenta uma potência sem precedentes. E uma vantagem da turma de Cupertino é poder controlar cada parte do processo.

O iOS funciona diferente do Android, e você que está lendo esse post sabe muito bem disso a essa altura do campeonato.

Enquanto que o sistema da Apple roda sobre um número muito bem controlado de dispositivos, o Android deve rodar sobre múltiplas combinações. A máquina virtual do sistema da Google exige especificações mais potentes para um desempenho similar.

No papel, o Galaxy Note 7 roda com mais fluidez, mas sofre do lag do sistema Android com o passar do tempo.

Dois núcleos contra quatro núcleos, duas arquiteturas próprias e a diferença de não ter o controle absoluto sobre o software.

A TouchWiz não exerce sobre o Android o domínio que a Samsung gostaria, e por isso eles mantém o Tizen vivo.

Mas a verdade é uma só: escolher entre o iPhone 7 Plus e o Samsung Galaxy Note 7 é escolher duas das melhores configurações e desempenho da atualidade.

Capturar a realidade, mais rápido e melhor

 

camera-iphone-7-galaxy-note-7

 

O iPhone 7 Plus optou por uma câmera dupla traseira, seguindo os passos da HTC e Huawei. A diferença é que seu sistema utiliza um zoom ótico de 2X, com um sensor duplo de 12 MP, uma delas atuando como teleobjetiva.

A Samsung optou por repetir as configurações do Galaxy S7 no Galaxy Note 7, também de alto nível.

 

foto-com-galaxy-note-7

 

Os dois dispositivos capturam imagens a 12 MP, com estabilizador ótico e gravação de vídeos a 4K. A Apple se destaca pelo fato do seu processador A10 permitir a captura de vídeos 4K a 60 frames por segundo, enquanto que o Galaxy Note 7 fica limitado aos 30 frames por segundo.

No sensor frontal, a Apple de novo toma a dianteira, com 7 MP de resolução, contra os 5 MP do Note 7. As duas câmeras fazem um excelente trabalho com as selfies.

 

Que meu smartphone não fique sem bateria no pior momento

bateria-note-7

 

Outro ponto de discórdia entre os dois dispositivos está na bateria.

Um iPhone 7 Plus deve ter uma autonomia de uso de pelo menos dois dias de uso sem problemas, inclusive exigindo um pouco mais do que o devido. Já o Galaxy Note 7 tem um abateria de 3.500 mAh com modo recarga rápida, alcançando um dia de uso sem problemas. Co a recarga rápida, é possível obter 25% de autonomia com apenas 15 minutos.

 

O segredo está nos detalhes

 

smartphone-resistente-a-agua

 

Os pequenos detalhes que fazem um modelo mais desejável que o outro encerra esse comparativo.

Aqui, os dois fabricantes oferecem resistência à água e poeira, um botão Home com leitor de digitais e chip NFC cada um com suas plataformas (Apple Pay, Android Pay e Samsung Pay).

Nada mudou nos conectores dos dispositivos, com o Note 7 com uma USB Type-C e o iPhone 7 Plus com uma porta Lightning, mas sem o conector para fones de ouvido (o kit do smartphone inclui um adaptador para 3.5 mm).

 

stylus-note-7

 

Não podemos nos esquecer da S Pen da Samsung, tão apreciado pelos usuários da linha Note. A Apple experimentou algo parecido com o iPad Pro, mas não quer levar a solução da caneta Stylus para o iPhone para quem quer um pouco mais de produtividade.

 

Conclusão

No final das contas, a escolha final depende de cada um. Os dois modelos são excelentes, e a escolha entre um e outro está mais difícil do que nunca.