ipadpro-2016-ifixit

Recentemente o iPhone SE foi desmontado pelo pessoal do iFixit, e hoje temos o iPad Pro de 9.7 polegadas.

O tablet da Apple passou pelo mesmo processo de desmontagem mais popular da internet, exibindo assim todos os detalhes de suas entranhas, e mostrando como a gigante de Cupertino engenhou o seu fino e atraente design. As imagens mostram que a bateria de 7.306 mAh é mais larga que a do iPad Air 2, ocupando toda a zona central do dispositivo, enquanto que os demais componentes são distribuídos descaradamente para as laterais do dispositivo.

O iFixit informa que tais peças são bem rebeldes na hora de serem manipuladas, e até a mencionada bateria, que não está soldada, apresenta uma resistência por estar firmemente colada. O cristal frontal e o LCD estão fundidos e o Smart Connector é praticamente impossível de ser substituído, para citar apenas dois exemplos.

ipadpro-2016-ifixit-02

A dificuldade para desmontar e reparar o iPad Pro foi tamanha que o iFixit deu uma nota 2 em 10 na pontuação global de reparação (quanto mais alta a nota, mais fácil é um dispositivo de ser consertado). Ou seja, estejam vocês avisados desses detalhes antes mesmo de pensarem em investir o seu dinheiro nesse produto.

 

Pontos positivos

– A bateria não está soldada
– O Smart Connector não tem partes móveis, e não deve ser danificado
– A tela LCD e o cristal estão unidos em uma peça, o que simplifica a sua desmontagem

Pontos negativos

– A bateria está colada com força
– O Smart Connector é quase impossível de ser trocado em caso de quebra
– Ao unir o LCD e a tela de cristal, as reparações são mais caras, e o risco de quebra ao abrir o dispositivo aumenta
– Grandes quantidades de adesivo em todas as partes internas do dispositivo complicam qualquer tipo de reparação

 

Via iFixit