ipad-mini-topo

Parece que, dessa vez (e finalmente), agora vai. Segundo informa o site da revista VEJA, fontes próximas ao assunto informam que o iPad mini já está em processo de fabricação no Brasil, na fábrica da Foxconn em Jundiaí (SP). As primeiras unidades devem chegar às lojas nacionais no começo do mês de maio, e o preço sugerido para o modelo mais básico (16 GB Wi-Fi) deve ficar entre R$ 1.000 e R$ 1.100.

Ainda segundo as fontes, a ideia era lançar o modelo mais básico do iPad mini a R$ 999, porém, os tributos ainda cobrados na fabricação do produto impedem que isso aconteça (e as tais isenções fiscais, onde ficam nesse caso?). Vale lembrar que o iPad mini 3G foi recentemente homologado pela Anatel, o que viabiliza a comercialização do produto nas operadoras de telefonia móvel, que são fortes parceiras da Apple.

Um detalhe importante que “justifica” o não lançamento de um iPad mini a R$ 999, é que a linha de montagem do produto no Brasil foi feita quase que simultaneamente com a China, e é a primeira vez que isso acontece desde que a Foxconn começou a montar os produtos da Apple no Brasil. A Foxconn e a Apple não se pronunciam sobre o assunto, mas fica claro aqui a mudança de estratégia da Apple para o lançamento do iPad mini, já que esse é o primeiro produto da empresa que chegará ao mercado sem nenhum lote de importação, com todas as suas unidades sendo fabricadas aqui.

Não surpreende a notícia do lançamento do iPad mini (finalmente) no Brasil para o mês de maio. Até porque a própria Apple precisa bater de frente com o seu principal concorrente, a Samsung, que deve lançar o Galaxy Note 8.0 no mês que vem.

A fonte também revela que a Apple pensa na possibilidade de reduzir os valores dos smartphones iPhone 4S e iPhone 5, para que os modelos entrem na regra de desoneração fiscal dos smartphones, via Decreto de Lei publicado nessa semana. Porém, a Apple só vai reduzir seus preços se detectarem um movimento da concorrência em fazer o mesmo. É uma boa notícia, mas não nos deixa muito animados, uma vez que todos nós vimos o que aconteceu com os tablets. O iPad é fabricado no Brasil a quase 1 ano, e os seus preços não ficaram mais competitivos. Pelo contrário: ficaram mais caros. Um iPad de 32 GB com Wi-Fi e 3G, que em julho de 2012, custava R$ 2.049, hoje (com tela retina) custa R$ 2.349, sendo que, lá fora, a Apple adota a política de atualizar os produtos, mas mantendo os valores da versão anterior.

Mas como estamos falando do Brasil… bom, vamos esperar pelos próximos acontecimentos.