identify-ipad-2gen

Depois de rumores, maquetes, especulações e todas aquelas notícias que normalmente são passadas antes de um lançamento da Apple, o iPad 2 se torna uma realidade. Para muitos, uma realidade muito doce, com várias novidades. Vamos tentar descrever, com calma, todas elas neste post.

Pra começar, a Apple adicionou no novo tablet um processador de núcleo duplo, o Apple A5. O projeto possui um novo design, com duas câmeras (frontal e traseira), além de um giroscópio, para auxiliar em jogos e aplicativos com recursos de movimento. Eles conseguiram fazer um tablet que fosse mais fino que o iPhone 4 (que já é consideravelmente fino), e com duas cores a escolher, preto e branco (esperamos que, dessa vez, as duas cores cheguem mesmo ao mercado).

Segundo a Apple, o novo processador, o A5, é duas vezes mais rápido que o anterior, o A4, o que resulta em um rendimento gráfico até nove vezes melhor que o primeiro iPad. O grande benefício para o usuário é que com o iPad 2, ele recebe todas essas melhorias, sem ter um consumo de energia maior. Além disso, o novo iPad conta com um alto-falantes maior na sua parte traseira, e quanto às suas câmeras, a frontal pode gravar a 30 FPS em resolução VGA, enquanto que a traseira grava em resolução 720p, com zoom digital de 5x. A tela do iPad 2 continua tendo a mesma resolução de 1024 x 768.

O novo iPad 2 é 33% mais fino que o modelo anterior, contando com apenas 8,8 mm de espessura. O novo modelo estará disponível nas operadoras AT&T e Verizon nos Estados Unidos a partir do dia 11 de março, e em outros países (não deixam claro se o Brasil está disponível) a partir de 25 de março.

Seus preços são muito similares aos da primeira versão: US$ 499 para o modelo de 16 GB com WiFi, US$ 599, para o modelo de 32 GB com WiFi, e US$ 699, para o modelo de US$ 64 GB com WiFi. Para os modelos com WiFi e 3G, os preços são: US$ 629 (16 GB), US$ 729 (32 GB) e US$ 829 (64 GB). Preços válidos para Verizon e AT&T.

Além disso, a Apple vai colocar à venda um case Smart Cover, em versões de poliuretano (US$ 39) ou de couro (US$ 69), que contam com um engate magnético, que ajuda na hora de colocar o tablet em modo repouso, servindo de suporte ao aparelho.

Sobre o software, a Apple apresentou as seguintes novidades para o iPad 2: iMove, GarageBand, FaceTime e Photo Booth. Algumas das novidades possuem o objetivo claro de aproveitar as novas câmeras do tablet.

Além disso, eles anunciaram a chegada do iOS 4.3, que possui melhorias no rendimento do Safari, e a possibilidade de tornar o iPhone 4 (e apenas o iPhone 4) um hotspot para internet. Pelo menos, por enquanto, ele não vai permitir o compartilhamento de conexão com o iPad, mas acreditamos que isso possa acontecer em breve.

Para completar, temos aqui uma tabela comparativa entre os dois modelos, que mostram as principais mudanças entre as duas versões. Isso pode ajudar o consumidor na decisão da compra e/ou troca do iPad pelo iPad 2. Confira:
via Apple