iPhone 6s teaser iOS

O relatório da Kantar Worldpanel sobre as vendas de smartphones no segundo trimestre de 2016 traz uma surpresa: o iOS recuperou terreno em um período do ano não muito favorável habitualmente.

O aumento foi discreto na Alemanha e Estados Unidos, mas foi com força na Inglaterra (3,1%) e França (3,4%), mas em poucos casos o aumento aconteceu às custas do Android, que segue muito forte. A tendência era a queda de vendas do iPhone, algo habitual nos meses que antecedem a apresentação de um novo modelo da Apple.

Crescimento do iOS graças aos novos iPhones

Mesmo com o segundo trimestre sendo um período de transição com a espera de um novo iPhone 7 (ou 6SE), as vendas de smartphones da Apple cresceram. No conjunto dos países europeus analisados e Estados Unidos, o aumento também se produziu.

O responsável por essa recuperação foram os novos iPhones. Nos Estados Unidos, o iPhone 6s/6s Plus foram mais vendidos que o Samsung Galaxy S7/S7 Edge (15,1%, contra 14,1%), e o iPhone SE é o terceiro smartphone mais vendido (5,1%). Algo parecido aconteceu na Grã-Bretanha, onde o mais vendido foi o iPhone SE, seguido do iPhone 6s.

De um modo geral, o Android segue muito forte, perdendo cota de forma discreta apenas nos Estados Unidos. Nos demais países, o crescimento do iOS não afetou o líder, já que o perdedor em todos os casos foi o Windows. O exemplo mais evidente está na Itália, onde o Android ganhou 10,6%, ao mesmo tempo que o Windows perdeu 8,6%.

Via Kantar