metaskininvisibility-3

Aos poucos, o poder da invisibilidade está mais próximo. Ainda falta muito para chegar lá, mas os avanços são cada vez mais surpreendentes e promissores. A última novidade vem da Universidade do Estado de Iowa, que consegui criar uma pele flexível, capaz de ocultar pessoas e objetos de ondas eletromagnéticas.

Essa meta-pele é formada por uma série de anéis ressoadores cheios de metal líquido (galinstano), que apesar de não fazer desaparecer a uma simples vista, conseguem ocultar as ondas eletromagnéticas, selecionando diferentes frequências. Obviamente essa tecnologia não serve para criar uma capa de invisibilidade no estilo Harry Poter, mas é funcional no caso de aviões de combate que querem desaparecer para os radares.

Porém, a Universidade de Califórnia/Berkeley desenvolveu uma tecnologia de invisibilidade que permitira refletir a luz para manter ocultos uma série de objetos. Nesse caso, o método utiliza nanoantenas de ouro para “desviar as ondas de luz refletidas”, para que o objeto a ser ocultado desapareça quando o metal polariza o ouro (o vídeo no final do post mostra melhor esse conceito).

Por enquanto, esta tecnologia funciona em uma escala microscópica, já que a medição apenas alcança os 80 nanômetros de espessura, e só é capaz de cobrir poucas células biológicas. Mas é um começo.

 

Via PSFKNature, Berkeley Lab