Se os sistemas de refrigeração líquida com os seus tubos e depósitos de água é uma solução extremista (e louca) para você, espere para ver a ideia que passa pela cabeça dos engenheiros da Intel para seus servidores. O conceito se baseia em nada mais, nada menos que inundar de um líquido não condutor – ou um azeite mineral, para ser mais exato – no interior do chassi de seus servidores, de forma que se consiga uma dissipação total do equipamento, economizando energia.

Depois de um período de um ano de testes, a Intel viu como os resultados de seus hacks melhoravam com o novo método, e como se reduzia o consumo energético acumulado pelas máquinas de ar condicionado. Além disso, as instalações não exigiam recursos técnicos para a circulação do ar, como roupas especiais, de modo que tudo o que você precisa ter cuidado é com a sua roupa antes de voltar para casa.

Vale a pena dizer também que esta solução já foi vista em pequena escala em alguns trabalhos de modding externo, mas é sempre interessante saber como uma gigante como a Intel planeja fazer uso dessa solução a nível industrial.

Via Slashdot