Até agora, a imensa maioria dos processadores de equipamentos que rodavam o Android não foram da Intel, e para a fabricante de processadores, isso não pode continuar a acontecer. A aposta da Intel é tornar o seu produto totalmente funcional com o Android, através de sua proposta Atom-Moorestown, o que permitiria a instalação do Android e quase todo e qualquer dispositivo atual ou por vir. Isso foi comunicado no fórum de desenvolvedores da Intel, ocorrido em Pequim.

Fonte