intel

A Intel prepara uma estratégia agressiva para competir de forma mais enfática no mercado de dispositivos móveis, dotando todos os seus microprocessadores e SoCs com a capacidade de conectividades via 3G/4G, apostando assim na mobilidade.

O objetivo é que, no começo de 2015, eles possam competir lado a lado com empresas como Qualcomm ou MediaTek. Para isso, a Intel aposta nas redes móveis, além do suporte para o 64-bits. Os processadores Intel focados em tablets e smartphones seguirão a tendência atual de hardware, e o chip SoFIA será o primeiro produto dessa nova geração, contando com recursos como baixo consumo de energia e alto desempenho.

Também é importante mencionar que a próxima geração de processadores Intel para portáteis e híbridos também contarão com essas características (alto desempenho, baixo consumo de energia e conectividade 3G/4G). Brian Krzanich, CEO da Intel, garante que a primeira aposta é centrada nos Chromebooks, pensando justamente na conectividade móvel para tirar o melhor proveito possível. Mais adiante, os portáteis com maior popularidade, MacBooks, híbridos e portáteis de marcas como HP, Dell, Asus e Lenovo receberão os novos chips.

intel_atom_roadmap_update_intc_benefits

Inicialmente, a Intel contará com o apoio da Taiwan Semiconductor Manufacturing Co (TSMC) para fabricar os modems, mas no futuro eles querem ser independentes nessa produção. Com esse movimento, podemos dizer que a Intel está se adequando cada vez mais à “era Pós-PC”. E a disputa com a Qualcomm e MediaTek promete ser cada vez mais acirrada.

Via KitGuru