luxogram-no.jpg.pagespeed.ce.izPhh9yhI7

Uma das primeiras consequências de um produto ou serviço que desperta paixões nas pessoas é a repentina aparição de imitadores. E isso é o que mais acontece com o Instagram. Porém, a rede social de fotografia está disposta a dificultar as coisas para aqueles que querem tirar proveito de sua boa imagem.

O Instagram atualizou as condições de uso de sua marca, impedindo a utilização dos termos “insta” ou “gram” em outros produtos ou serviços que não sejam do próprio Instagram. Também está proibida a utilização de alterações no logotipo do serviço, uma vez que tal recurso pode confundir o usuário, pois poderia dar a entender que o Instagram estaria apoiando outros produtos.

E não pense você que essas novas regras não estão sendo aplicadas. O site TechCrunch informa que o aplicativo Luxogram foi o primeiro grande alvo do Instagram, que “solicitou gentilmente” que os seus desenvolvedores mudassem o seu logotipo e nome “em um período razoável de tempo”.

Agora, vendo a grande quantidade de serviços que contam com o “gram” ou estética similar ao Instagram, tudo indica que os advogados da rede social de fotos do Facebook terão muito trabalho pelos próximos meses. Bom, ao menos o Natal desses advogados está garantido.

Via Instagram, TechCrunch