Depois de tanta controvérsia causada pela mudança nas condições de serviço do Instagram, muitos usuários disseram que encerrariam sua conta e usariam outros serviços. Muito bem, tudo indica que a quantidade de gente que fez isso foi mínima. Em janeiro, a empresa (que agora é propriedade do Facebook/Mark Zuckerberg) afirmou ter mais de 90 milhões de usuários ativos por mês, e apenas um mês depois, eles comemoram a marca de mais de 100 milhões de fotógrafos ocasionais.

Com um crescimento de 10 milhões de usuários por mês, fica claro que o serviço é ainda muito popular, e pode crescer ainda mais. Em todo caso, vamos esperar que o êxito aconteça principalmente pelo fato das empresas se focarem mais nas vantagens a oferecer para o usuário, e não nos possíveis danos por causa de suas políticas.

De qualquer forma, tudo indica que muita gente se preocupou por nada, ou falou muito e não cumpriu. A grande verdade é que o Instagram não vai utilizar as nossas fotos dos pratos que comemos no shopping ou em grandes eventos, muito menos as fotos que tiramos dos nossos gatinhos. É claro que, se alguém entender que não é justo utilizar uma imagem para fins comerciais, basta sair do serviço. Por outro lado, quando você entrou no Instagram, você jamais pensou em ganhar dinheiro com isso, não é mesmo?