A Apple iniciou as vendas no Brasil do iMac Pro, o computador mais caro da história da empresa. No nosso mercado, o preço inicial sugerido é de R$ 37.999 (nos EUA, US$ 4.999).

O modelo básico desse desktop conta com processador Intel Xeon W octa-core, gráficos Radeon Pro Vega 56 com 8 GB de memória, 1 TB de SSD e 32 GB de RAM ECC DDR4.

O novo iMac Pro conta com um um Magic Mouse 2 e um Magic Keyboard com teclado numérico com layout em inglês dos EUA. Os dois acessórios disponíveis em cinza espacial.

 

 

O modelo mais potente do desktop conta com processador Intel Xeon W de 18 núcleos, gráficos Radeon Pro Vega 64 com 16 GB de memória, 128 GB de RAM ECC DDR4 e 4 TB de SSD. O modelo mais completo recebe o Magic Mouse 2, um Magic Trackpad 2, um Magic Keyboard e um kit de montagem VESA. Na parte de software, o desktop recebe o Final Cut Pro X e o Logic Pro X. E tudo isso, por ‘apenas’ R$ 98.125.

Não vamos aqui questionar os valores do novo iMac Pro. É evidente que esse tipo de computador não foi feito para você, para mim ou para a maioria dos leitores do blog. É o tipo de desktop pensado exclusivamente nos profissionais mais exigentes e exclusivos, ou em grandes empresas que vão utilizar o desktop para tarefas mais sensíveis e extremas.

Porém… R$ 98 mil em um desktop… é muita coisa!

 

Via Apple