macbook-pro-2013-ifixit-topo

As ferramentas de desmontagem da equipe do site iFixit não param, e o último dispositivo a passar pela sala de operações deles é o novo MacBook Pro com tela Retina.

E tal como parece que está sendo uma tradição nos produtos com tecnologia de ponta (e até infelizmente para muitos usuários), temos que dizer que o nível de reparação segue sendo dos mais baixos, o que torna o produto de difícil conserto. Além de utilizar parafusos especiais de cinco pontas para complicar o acesso ao interior do equipamento, eles se depararam com módulos de RAM soldados na placa, impedindo assim a sua expansão.

Além disso, a sua tela é completamente soldada, e isso obriga o usuário a trocá-la por completo, em caso de avarias mais sérias, assim como o novo disco PCIe, que segue sem manter o seu formato padrão.

Se tudo isso parece ser pouco para você, saiba que a bateria segue colada ao corpo do equipamento, de forma até mal intencionada. Sobre as novidades do novo MacBook Pro, o dissipador agora chega com uma única almofada térmica, graças à integração do processador gráfico.

A pontuação final do MacBook Pro com tela Retina na análise do iFixit foi de 1/10, o que dá uma clara ideia do trabalho que o usuário vai ter para consertar o produto. Ou melhor, que inevitavelmente o produto danificado terá que passar pela Apple.

macbook-pro-2013-ifixit-01 macbook-pro-2013-ifixit-02 macbook-pro-2013-ifixit-03 macbook-pro-2013-ifixit-04 macbook-pro-2013-ifixit-05

Para ver a análise completa do iFixit, clique aqui.