samsung-galaxy-s7-ifixit

Você realmente achou que o iFixit não ia desmontar o novo Samsung Galaxy S7? Até parece….

O site mais famoso de desmontagem de gadgets caros da internet voltam a receber destaque, mostrando dessa vez os segredos do novo top de linha da Samsung, uma intervenção onde podemos ver o que o dispositivo esconde no seu interior. Por exemplo, é possível ver o sistema de ‘refrigeração líquida’, que nada mais é do que um pequeno filete de cobre que se encarrega de moderar as temperaturas dissipando o calor até a borda do chassi.

Também é possível ver os detalhes que fizeram o Galaxy S7 alcançar a certificação IP68 (que torna o dispositivo resistente à água e poeira), assim como a bateria de 3.000 mAh e o sensor dual-pixel de 12 MP.

Infelizmente, depois de aberto, o dispositivo perde os seus poderes aquáticos, já que as juntas de união não podem ser coladas corretamente depois de retirar as carcaças. Ou seja, já fique sabendo que, se deseja manter o seu Galaxy S7 imune à água, não faça o reparo você mesmo, e mande o dispositivo para uma assistência técnica autorizada.

No final das contas, o iFixit considerou o Galaxy S7 como um dispositivo de difícil reparação. Dado que falamos de um modelo com design unibody de metal e acabamento em cristal, a nota para o nível de reparação desse modelo é de 3 sobre 10 (quanto mais baixa a nota, mais difícil dele ser reparado).

Pontos positivos: 

– Alguns componentes são modulares, e podem ser trocados com facilidade.
– A bateria pode ser removida sem retirar a placa-mãe.

Pontos negativos: 

– A bateria está muito bem colada.
– Para reparar o conector USB, é preciso retirar a tela, que fica quase destroçada.
– O revestimento em cristal complica muito o processo de abertura do dispositivo.
– Trocar o cristal frontal sem trocar a tela é algo quase impossível.

Para conferir a avaliação completa do iFixit, é só conferir a apresentação a seguir.