4PLJL4POmNMAsuTf

O novo tablet da Microsoft, o Surface Pro 3, passou pela análise de reparação do site iFixit. E, infelizmente, ele mantém a dificuldade de conserto dos modelos anteriores.

A desmontagem do produto continua a ser um pesadelo para aqueles que querem acessar o seu interior, já que o primeiro passo que obriga a retirada da tela segue sendo algo crucial. O exemplo mais claro que o iFixit demonstra, já que tal e como puderam comprovar os especialistas em desmontagem, é que o cristal da tela se partiu durante a tentativa de sua retirada.

A essa altura do campeonato, é bobagem duvidar da capacidade do iFixit em desmontar produtos de tecnologia. Aliás, eles mesmos afirmam que aparentemente o novo cristal utilizado no tablet é mais frágil que aquele encontrado nos modelos anteriores. Ao ser mais fino (uma das razões que o novo Surface Pro 3 consegue sua baixa espessura), ele é mais frágil e menos maleável qu eos outros cristas utilizados nas versões anteriores.

HpHsNTuvLU5MuABe

Uma vez retirada a tela, os demais componentes seguem com o mesmo nível de reparação das outras versões, incluindo uma bateria que é quase impossível de ser retirada, por conta da cola utilizada pela Microsoft para fixá-la. Por outro lado, existe uma opção de trocar a SSD do dispositivo por uma de sua preferência. O problema? Acessar as entranhas do produto sem romper o seu cristal, uma dificuldade que custou uma pontuação de 1 em 10 na escala do iFixit.

Para conferir a análise completa, acesse o site do iFixit.