650_1000_htc-desire-820_santorini-white-1

A HTC apresentou oficialmente na IFA 2014 o HTC Desire 820, uma evolução direta do HTC Desire 816, que traz como principal diferencial um processador Qualcomm Snapdragon 615 de 64 bits, com oito núcleos de processamento a 1.5 GHz.

Não é o primeiro modelo da empresa a contar com um chip de 64 bits. O HTC Desire 510 já traz essa característica, mas com um processador Snapdragon 410. No caso do Desire 820, o Snapdragon 615 vem acompanhado por 2 GB de RAM, 16 GB de armazenamento (expansível via cartão microSD), conectividade LTE Cat 4, tela de 5.5 polegadas (720p, 267  ppp), com dimensões de 157.7 x 8.74 x 7.4 mm e peso de 155 gramas.

Também é possível encontrar no dispositivo o sistema de som HTC BoomSond, com alto-falantes frontais, câmera traseira de 13 megapixels, câmera frontal de 8 megapixels (com gravação de vídeos em Full HD e sensor retroiluminado BSI), que usa dos benefícios do software HTC Face Fusion, que pode fundir duas imagens em uma só, alem do recurso HTC Zoe.

650_1000_desire_820_blog

Além da conectividade LTE, o Desire 820 também possui uma versão dual SIM em 3G. Sua bateria é de 2.600 mAh, com autonomia estimada de 22.4 horas de conversação (em 3G), ou até 424 horas em standby.

O HTC Desire 820 chegará ao mercado no final de setembro. Seu preço não foi anunciado. Serão nove opções de cores, que podem ser combinadas (um tom para a carcaça, outro para outras peças), e o dispositivo contará com uma versão do case Dot View. No ato do seu lançamento, ele contará com o sistema operacional Android 4.4 KitKat, com a mais recente personalização da interface Sense. Porém, com um chipset de 64 bits, é quase certo que o modelo receberá o Android L em um futuro a médio prazo.

650_1000_htc-desire-820-group 650_1000_htc-desire-820_tangerine-white-4

Via HTC