smartphones

 

O Top 5 do mercado de smartphones aparentemente se mantém inalterado, de acordo com o relatório divulgado pela IDC.

Dizemos “aparentemente”, porque algumas cotas de mercado mudaram. A Samsung recuperou-se do desastre do Galaxy Note 7, reassumindo a primeira posição em vendas, perdida por apenas um décimo.

O mais interessante do estudo é que vemos Samsung e Apple em queda lenta, enquanto que Huawei, Oppo e Vivo (todas chinesas) se aproximam.

No ano passado, já era visível o forte crescimento de Oppo e Vivo, enquanto que a Huawei mostrava seriedade no seu objetivo de assumir a liderança do mercado mobile até 2020.

Isso se reflete hoje em distâncias cada vez menores entre os membros do top 5. A Samsung ficou com 22.8% da cota de mercado global, deixando a Apple na segunda posição, com 14.9%. As duas empresas contavam com 23.8% e 15.4% respectivamente há um ano.

Sobre os perseguidores, a Huawei possui 9.8%, com 6 milhões de smartphones vendidos a mais, e ganhos de 1.4% de cota de mercado.

 

 

Completam o top 5 a Oppo (7.4%) e a Vivo (5.2%), que antes contavam com 5.9% e 4.4% respectivamente, no ano passado. Elevaram suas vendas em 25.6 e 12.1 milhões de dispositivos, respectivamente. De forma conjunta, a BBK seria a terceira maior vendedora, principalmente se somamos as vendas da OnePlus, terceira empresa desse conglomerado.

Em resumo: o mercado de smartphones segue crescendo, mas nem todos crescem no mesmo ritmo. 4.1% no planeta, mas tanto Samsung como Apple permanecem muito estáticas. Se isso continuar, a Huawei pode mesmo ultrapassar.

Podemos ter um cenário completamente diferente do atual daqui a dois anos.

 

Via ZDNet