roteador-dlink

A IDC Brasil divulgou os dados do estudo trimestral sobre o mercado de roteadores no Brasil. No primeiro trimestre de 2014, o crescimento registrado foi de 10.2% em relação ao mesmo período de 2013, com US$ 63 milhões em receita registrada.

Desses, US$ 48 milhões foram negociados para provedores de serviço, um aumento de 30.7% em relação ao mesmo período do ano passado. O segmento corporativo movimentou os US$ 14.3 milhões restantes, registrando assim uma queda de 28% em relação ao ano de 2013.

O mercado corporativo “low end”, que inclui roteadores instalados pelas operadoras e prestadoras de serviços para o consumidor final, registrou uma queda de 49%, comparado ao primeiro trimestre de 2013. Isso pode indicar que as operadoras estão vendendo menos links por conta da queda de atividade econômica que o Brasil passa como um todo.

Outro fator que influenciou os números foi o aumento do preço médio no mercado corporativo, onde as empresas estão comprando equipamentos mais robustos ou que permitem a atualização para os serviços em cloud. No mercado de provedores de serviços, o preço médio dos roteadores apresentou uma ligeira queda.

Via assessoria de imprensa (IDC Brasil)