smartphones-idc

Os analistas da IDC publicaram um novo estudo que revela  suas estimativas no segmento mobile para os próximos anos. O estudo mostra a evolução desse mercado, prevendo que em 2018 serão vendidos 1.8 bilhão de smartphones, com uma taxa de crescimento anual estimada em 12.3%.

Os próximos anos devem ser promissores. Em 2013, foram vendidos 1 bilhão de dispositivos, e a previsão para 2014 está na casa de 1.2 bilhão, com os mercados emergentes como chaves para um crescimento sustentável.

Essa relevância dos países com economias modestas também é observada na hora de estimar o preço médio do dispositivo. Para esse ano, o valor será de US$ 314 (em 2013, foi de US$ 335), mas a média vai seguir caindo, e a previsão para 2018 é de um valor de US$ 267. A demanda de smartphones para os mercados emergentes se somará à redução dos preços dos componentes dos dispositivos.

idc-2018-1

Também é previsto que o Android concentrará uma cota de mercado de 77.6% em 2018, o que significa uma redução sensível desde os 80.2% atuais. O Windows Phone será o responsável, pois segundo o IDC, o sistema da Microsoft contará com 6.4% de cota, contra os 3.5% de hoje. O iOS também sofrerá leve queda, de 14.8% atuais para 13.7% em 2018.

Também está prevista uma queda ainda maior da BlackBeery no futuro, saindo de 0.8% de hoje para 0.3% em 2018 (levando em conta as medidas da empresa para sua renovação), enquanto que as plataformas menores terão uma maior relevância, passando de 0.7% de hoje para 2.1% em 2018.

Será interessante saber quais das plataformas chamadas hoje de “outras” vai receber esse destaque todo nos próximos quatro anos. Aposto no Firefox OS.

Via BGR, IDC