650_1000_ipad-mini

A queda das vendas do iPad no último trimestre fiscal foi apenas o começo. A IDC revisou suas previsões para o número de unidades distribuídas de tablets para 2014, e reduziu os números estimados, saindo de 260.9 milhões de unidades para 245.4 milhões.

Os números ainda representam um crescimento nas vendas do setor (12.1%), mas bem mais discreta do que o crescimento registrado em 2013, em relação ao ano de 2012 (51.8%). É evidente aqui que o ponto de maturidade das vendas de tablets está próximo de ser alcançado, mas outros fatores influenciam nessa desaceleração, como por exemplo um ciclo mais longo de substituição desses dispositivos.

Já em dezembro de 2013, a IDC indicava que os phablets estavam cada vez mais populares, e esse mercado parece não parar de crescer. O estudo mostra que o aumento do mercado de phablets – ou de smartphones com telas de 5.5 polegadas ou mais – está fazendo com que muita gente pense duas vezes antes de comprar um tablet, já que as amplas telas desses dispositivos são mais adequadas para tarefas do seu dia a dia do que eram reservadas os tablets.

650_1000_tablets-idc

Via TechCrunch