hyperlapse

O grande problema das câmeras de ação é a estabilização das capturadas, que acabam aborrecendo o espectador quando as sequências de imagens são muito longas. Por conta disso, a Microsoft está trabalhando em uma técnica chamada Hyperlapse, que transformam essa sequência de imagens em passeios mais suaves para quem está assistindo.

Para alcançar tal resultado, a técnica realiza uma estabilização ao vídeo capturado para depois capturar uma série de imagens, que vão servir de guias para o processo de reconstrução. É um processo similar ao Photosynth, e se encarrega de criar novos frames para que a reprodução aconteça de forma correta.

Tal como você poderá ver nos vídeos desse post, o resultado é excepcional, apesar de em alguns casos as imagens não coincidam e pequenos saltos apareçam. De qualquer forma, é muito melhor que os vídeos gravados pelas câmeras de ação atuais.


Via TechCrunch, Microsoft