hugo-barra-xiaomi

Para Hugo Barra, vice-presidente da Xiaomi, as vendas de smartphones em mercados emergentes via internet está sendo algo cada vez mais popular. O fenômeno de comprar um smartphone a partir de outro smartphone ou computador é algo que não para de crescer: 40% das vendas na China aconteceram desse modo.

Esse formato de vendas representa um gasto menor para as empresas, que não contam com canais próprios de distribuição, ou não precisam utilizar os canais de terceiros. Sem falar nos preços menores para os compradores, que na maioria dos casos conhecem o produto por verem o mesmo nas mãos dos outros.

A Xiaomi tenta adotar o mesmo modelo de negócio nos diferentes países onde está presente, mas nem sempre isso é tão fácil de se conseguir. Na índia, os primeiros passos foram complicados, e agora eles tentam fazer a mesma coisa aqui no Brasil.

A empresa claramente acelerou esse processo na China, e empresas como Lenovo estão replicando a ideia com novas marcas (ZUK). Mas o mesmo podemos dizer que está acontecendo na vizinha Índia, onde estima-se que 30% das vendas aconteceram através da internet em 2015 (em 2014 foi 20%).

Via WSJ