Huawei Watch 2

 

A Huawei apresentou oficialmente na Mobile World Congress 2017 o Huawei Watch 2, renovação do seu smartwatch que aposta mais na atividade física do que na moda.

Além das mudanças de design, o modelo conta com conexão celular própria e GPS integrado, e sua bateria de 420 mAh deve pelo menos entregar uma boa autonomia de uso.

 

 

Um design alterado

 

 

O Huawei Watch 2 tem grande apelo com a atividade física, e abandona as pulseiras de couro e acabamentos em dourado para dar passagem às pulseiras de silicone.

Além disso, ele quer fazer com que você deixe o seu smarpthone em casa durante as corridas, com a presença de um slot nano-SIM para conexão móvel, que faz com que o relógio receba notificações, chamadas e mensagens.

 

 

O Huawei Watch 2 conta com chip NFC para Android Pay, além de um sensor de pulsações. Os dados são enviados para o programa de treinamento Huawei Fit, que ajuda a monitorar o seu desempenho durante os exercícios.

O relógio também conta com GPS integrado, que mostra onde você está, entregando informações precisas da rota a seguir.

Em resumo: é um modelo muito mais independente, o que entrega melhor um conceito de “relógio inteligente” para nossas necessidades mais básicas.

 

 

Bateria de 420 mAh, com autonomia de até três dias de uso

 

 

A bateria de 420 mAh do Huawei Watch 2 pode parecer pouco, mas é fundamental para um dispositivo que possui GPS integrado e conexão de celular própria. Controlar o player musical ou receber notificações não drenam tanto a bateria, mas qualquer conexão que vá além do Bluetooth pode ser um perigo nesse aspecto.

O modelo já conta com Android Wear 2.0, com todas as suas novidades, incluindo o Google Assistant. Suas esferas são mais personalizáveis, recebendo informações do seu interesse, com visualização simplificada.

O Huawei Watch 2 tem preço sugerido de 329 euros, e tem previsão de lançamento para o mês de março, em mercados selecionados.