huawei-p8-back

A Huawei segue dando mostras de sua consolidação entre as três maiores fabricantes do mercado mobile. Fechou o ano de 2015 com mais de 100 milhões de smartphones vendidos, e a linha P8, a última geração dos modelos top de linha da empresa, é grande responsável por esse sucesso.

Os modelos Mate, categoria reservada para smartphones com grandes telas da Huawei, conseguiram acumular vendas totais de 16 milhões de unidades. É uma marca que não pode ser ignorada, e o Huawei P8 e suas variantes Lite e Max alcançaram números que são vistos em fabricantes como Samsung e Apple, mas inéditos para eles. Logo, podemos chamar essa empresa de gigante do setor de telefonia.

Desde o Huawei Ascend P6, os chineses estão oferecendo smartphones cada vez mais potentes e melhor construídos. Sua ascensão entre os fabricantes vem apoiada em uma bem sucedida família Honor, que nasceu para competir com os fabricantes chineses (Xiaomi, Meizu, etc). Sem falar no peso da Huawei na China, que concentra 60% das vendas totais da empresa.

A presença da Huawei na Europa também é destaque. Em um território eminentemente Android, e com a Samsung liderando o mercado, a empresa asiática já é a segunda fabricante do velho continente, na frente de marcas muito mais reconhecidas, como Sony, Motorola/Lenovo e LG.

Com o Huawei P9 no horizonte e com os seus novos processadores Kirin 950, a Huawei espera que 2016 seja um ano ainda melhor em vendas e na projeção da marca. Relacionar a empresa com smartphones baratos de operadoras é algo simplório e errado. Estamos presenciando o surgimento de mais uma gigante da telefonia móvel.

Via Ausdroid