Huawei P10

 

A Huawei apresentou oficialmente os seus novos smartphones top de linha, nos modelos Huawei P10 e Huawei P10 Plus.

Os modelos substituem a bem sucedida linha P9, trazendo as cores típicas da geração anterior (rosa, dourado, branco e negro mate) e mantendo o design unibody previamente especulado, com bordas com corte diamante, além do sistema de câmera traseira dupla em parceria com a Leica.

Os novos smartphoes apresentam uma clara evolução nos aspectos técnicos, e chegam para bater de frente com os gigantes do setor.

 

 

Huawei P10

 

 

O Huawei P10 conta com tela LTPS de 5.1 polegadas (Full HD) com proteção Gorilla Glass 5, espessura de apenas 6.98 mm e a promessa de uma melhor comodidade de uso com uma das mãos. No seu interior, encontramos um processador Kirin 960, trabalhando com uma GPU Mali-G71, 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento (expansíveis via microSD de até 256 GB), com bateria de 3.200 mAh compatível com modo de recarga rápida. Todo o conjunto é gerenciado pelo Android 7.0 Nougat, com a interface EMUI 5.1 da Huawei.

O seu design também respeita o estilo clássico que vimos nos modelos anteriores, onde a mudança mais importante é a adição de um botão físico Home na parte inferior frontal, com um sensor de digitais integrado.

 

 

Falando um pouco mais das câmeras: elas receberam sensores assinados pela Leica, algo que foi muito bem recebido no Huawei P9. Nesse caso, o P10 recebe uma câmera dupla traseira de 20 MP (monocromática, f/1.8) e 12 MP (RGB), com estabilizador ótico e gravação de vídeos em 4K. O sensor frontal possui 8 MP (f/1.9).

O Huawei P10 chega ao mercado em março, e tem preço sugerido de 649 euros.

 

 

Huawei P10 Plus

 

 

Já o Huawei P10 Plus se diferencia em poucos detalhes em relação ao irmão menor.

O processador, os sensores de câmeras, o sistema operacional, a resistência à água e os recursos de biometria são os mesmos. As diferenças começam na dimensão de sua tela, que passa a ser de 5.5 polegadas (2K).

O hardware também recebe mudanças, com 6 GB de RAM (não foram os 8 GB previamente especulados) e 128 GB de armazenamento (expansíveis via microSD de até 256 GB). E, com a tela maior, temos também uma bateria maior para energizar o dispositivo, com 3.750 mAh, com os mesmos recursos de recarga rápida.

Por fim, os dois modelos ainda compartilham os itens de conectividade: Bluetooth 4.2, WiFi ac, LTE Cat 12, NFC, porta de infravermelho e porta de recarga e dados USB Type-C 2.0.

 

O Huawei P10 Plus também chega ao mercado em março, e tem preços sugeridos de 699 euros (4 GB RAM/64 GB) e 799 euros (6 GB RAM/128 GB).