Huawei MateBook

A Huawei anunciou oficialmente o novo Huawei MateBook, um portátil 2 em 1 que quer fazer frente a produtos similares, como o iPad Pro ou o Microsoft Surface, apostando no Windows 10 como sistema operacional.

Nas suas dimensões e peso, o tablet (sem o teclado) mede 12 polegadas, com largura de 6,9 milímetros e peso de 650 gramas. É um dispositivo que consegue ser mais fino que o iPhone 6s Plus. Nas especificações internas, o Huawei MateBook conta com um processador Intel Core M3, 4 GB de RAM, 128 GB de armazenamento interno e resolução nativa de 2160 x 1440 pixels. Tudo isso por US$ 699.

Para quem precisa de configurações mais potentes, há uma versão do Huawei MateBook com processador Core M5, 8 GB de RAM e 512 GB de armazenamento, por US$ 1.199. Uma terceira configuração, com a mesma quantidade de RAM e CPU, mas com armazenamento de 256 GB custa US$ 999. Vale lembrar que o teclado e o lápis touch são vendidos separadamente, custando US$ 129 e US$ 59, respectivamente.

 

Potência, versatilidade e segurança

Todas as configurações do Huawei MateBook são compatíveis com o leitor de digitais do Windows Hello, que funciona utilizando a mesma superfície do tablet. Também conta com adaptador para micro USB e USB Type-A (USB padrão) para uma única porta USB Type-C. De forma adicional, é possível adquirir um case com acabamento de couro, que atua como dock com duas portas USB 3.0, Ethernet, HDMI e VGA, que custa US$ 89.

A bateria do Huawei MateBook promete uma autonomia de uso de até 9 horas, e conta com Windows 10 Signature Edition, deixando o usuário livre de bloatwares incorporados de fábrica, entregando uma experiência de uso limpa com o sistema operacional.

O produto chega ao mercado norte-americano no dia 11 de julho.

Via The Next WebHuawei