huawei_honor_5x

A Huawei apresentou o Honor 5X, um modelo muito completo, mantendo um nível equilibrado na linha média, mas com toques que poderiam estar em qualquer top de linha.

Estamos diante de um smartphone fabricado em uma estrutura de alumínio escovado, que reflete um ótimo acabamento, com boa pegada e seguindo o padrão atual dos modelos de linha média, mas que surpreende rapidamente quando o preço do modelo é revelado.

O Honor 5X segue a mesma estética apresentada no Honor 7, incluindo detalhes como o leitor de digitais (capaz de desbloquear o smartphone em 0.5 segundos), que pode ser utilizado para liberar a barra de notificações, realizar uma chamada diretamente para um contato e registrar a foto em selfie, ou até iniciar até cinco aplicativos diferentes. O modelo possui dois slots para SIM cards (nano SIM e micro SIM), além de um slot para microSD de até 128 GB.

Sua tela de 5.5 polegadas (1080p, 403 ppp) deve repercutir favoravelmente na autonomia de bateria, que possui 3.000 mAh, prometendo assim alcançar um dia e meio de uso moderado. Seu processador é um Snapdragon 616, com 2 GB de RAM e gráficos Adreno 405, o que deve garantir um bom desempenho nos jogos.

Seu armazenamento é de apenas 16 GB, mas ao menos é possível a expansão via mciroSD. O sistema operacional a gerenciar o conjunto será o Android 5.1 com a interface EMUI 3.1, que inclui diversas funções interessantes.

A câmera é um item bem interessante. O Honor 5X possui um sensor traseiro de 13 MP com ótica de 28 mm (f/2.0), com um processador de imagem Smartimage 3.0. O sensor chegará em versões da Sony e da Samsung, de acordo com os mercados oferecidos. A câmera oferecerá a possibilidade de disparar em slow motion, “modo comida”, time lapse, filtro de suavização para selfies e vários outros modos.

O Huawei Honor 5X já está disponível lá fora, por 229,99 euros.