A Huawei se transformou em uma das gigantes do mercado mobile, mas não foi um caminho fácil. No começo, apostou tudo nos smartphones de entrada, com modelos baratos para quem quer gastar pouco.

Mas aos poucos a empresa foi avançando para os tops de linha, como modelos como o Huawei P6 e Huawei P7, modelos com excelente relação custo benefício, mostrando a força da empresa para seguir avançando em um mercado cada vez mais competitivo.

Com a chegada dos modelos Huawei P8 e P8 Lite, a empresa consolidou sua posição, se mantendo assim por anos pela sua acertada aposta pelos acabamentos premium e boa relação custo-benefício.

Richard Yu, CEO da divisão de consumo da Huawei, confirmou os excelentes resultados financeiros da empresa durante a segunda metade de 2017. No período, a distribuição de smartphones cresceu 20.6% em um ano.

Mesmo com resultados positivos, Yu anunciou uma mudança importante na estratégia da empresa: abandonar completamente o mercado de entrada, para centrar-se nas linhas média e tops de linha.

A Huawei argumenta que quer completar o processo de transformação da marca, para ser associada a modelos de qualidade, com acabamento premium de seus produtos.

Em resumo: a Huawei quer virar a página e iniciar um capítulo novo, sendo associada totalmente a smartphones de alta qualidade.

 

Via PhoneArena