huawei-ascend-w1

Joe Kelly, da área de comunicações da Huawei, disse ao Seattle Times que a sua empresa não vai mais fabricar dispositivos com Windows Phone, por um motivo bem simples: essa não é uma alternativa que ofereça lucros para o fabricante.

Kelly foi taxativo: “não conseguimos ganhar dinheiro como Windows Phone, e ninguém consegue obter lucros com o Windows Phone”. A Huawei lançou dois dispositivos com o sistema da Microsoft, mas em agosto avisou que vai apostar exclusivamente no Android.

A empresa afirmou que voltariam a considerar o Windows Phone em seus dispositivos se o mercado sofresse uma mudança importante, com um aumento de cota de mercado do sistema da Microsoft. No caso, a Huawei depende especialmente de suas vendas globais, que são hoje de 70%, onde 30% provém dos Estados Unidos.

A decisão da Huawei é uma má notícia da Microsoft, que impulsionou o uso de sua plataforma entre diferentes fabricantes, principalmente nos terminais de entrada.

Via The Next Web