HTC U11

 

A HTC tenta sair do buraco e respirar um pouco com o HTC U11, novo smartphone top de linha que tem a complicada missão de colocar a marca de novo no jogo.

O modelo apresenta melhorias muito pontuais em reação ao HTC U Ultra e HTC 10, apresentando algumas novidades bem interessantes no design e funcionalidades.

A primeira mudança (que não deve agradar a todos) é a saída dos conectores para fones de ouvido. Seu design se mantém muito colorido e brilhante, com cristal em todos os lados unido com alumínio, em uma combinação que a marca chama de Liquid Surface.

 

 

Na parte frontal, o modelo não aposta na remoção de bordas. Pelo contrário: chega a ser bem comum nesse aspecto. A porta USB Type-C suporta um adaptador para os fones de ouvido tradicionais (inclusa no kit de venda).

O HTC U11 possui uma tela de 5.5 polegadas Super LCD Quad HD, e suas dimensões são de 153.9 x 75.9 x 7.9 mm, com peso de 169 gramas, abrigando uma bateria de 3.000 mAh.

 

 

O novo modelo conta com um sistema com diferentes níveis de pressão para as laterais, que podem interagir com o sistema operacional, inserindo novos comandos. Os sensores laterais (na zona inferior) detectam o agarre, o tato e e a pressão, permitindo assim configurar diferentes comandos para cada ação.

Sem falar que esse método funciona com luvas ou quando o smartphone estiver molhado (o HTC U11 conta com certificação IP57). O Edge Sense é a parte do sistema que tira partido dessa funcionalidade.

Outra novidade é a presença do Alexa, assistente pessoal da Amazon, que coexiste com o assistente pessoal da Google. O Alexa estará disponível em alguns mercados. Já na China a opção será o Baidu Duer. Tudo isso vai trabalhar com o sistema operacional Android 7.1 Nougat.

 

 

O modelo conta com uma câmera traseira de 12 MP (f/1.7), que conseguiu uma pontuação de 90 no DxOMark. Seu software conta com um modo Pro com suporte RAW, além de gravação de vídeos 4K ou em 1080p a 120 frames por segundo. A HTC introduziu uma nova tecnologia de gravação de áudio 3D, chamada Acoustic Focus.

A câmera frontal possui 16 MP (f/2.0) com ângulo de 150 graus e estabilização eletrônica.

O HTC U11 conta com o processador Qualcomm Snapdragon 835, trabalhando em conjunto com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento (UFS 2.1, expansíveis via microSD de até 2 TB). Na China, teremos um modelo com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento.

 

 

O modelo recebe a tecnologia de áudio HTC BoomSound, oferecendo assim uma maior qualidade nesse aspecto. É um sistema redesenhado, com uma câmera acústica de maior tamanho.

Soma-se à isso o sistema de cancelamento de ruído nos fones de ouvido USonic Noise, que aproveita o microfone do dispositivo (são quatro microfones integrados) para termos aqui um ótimo pacote de áudio em um smartphone.

 

 

O HTC U11 começa a ser vendido no mercado internacional no começo de junho, e em alguns mercados mais expressivos na semana que vem. Seu preço sugerido é de 749 euros.

 

 

 

Via HTC