Tudo bem, ele foi amplamente registrado muito antes do seu lançamento oficial. Mas, de qualquer forma, não custa fazer um registro do anúncio oficial do HTC One. Infelizmente, a fabricante desistiu do Brasil no ano passado, mas eles apresentam um smartphone que enche os olhos nas especificações técnicas.

O smartphone conta com um belo chassi de metal, com tela de 4.7 polegadas Full HD (com resolução de 468 ppp), processador quad-core Snapdragon 600 de 1.7 GHz, 2 GB de RAM, bateria de 2.300 mAh, sistema operacional Android 4.1.2 Jelly Bean, e se resume como uma versão mais fina do HTC Sense. Uma de suas principais novidades é a presença de uma câmera “UltraPixel”, que é uma nova tecnologia da HTC para seus novos smartphones, e que apesar de contar com uma resolução nativa de 4 megapixes, esse sensor ofecere uma abertura de F/2.0 e a promessa de uma grande qualidade nas imagens capturadas, e um melhor acesso de luz. Mais: essa tecnologia pode oferecer um resultado final muito melhor que a maioria dos sensores de 8 MP, além de um potencial de ganho de luz até 313% maior que os sensores de 13 megapixels. Mas isso, segundo a HTC, é claro.

Outros detalhes do HTC One são: GPU Adreno 320, porta microUSB e slot para cartões MicroSD, 9.3 mm de espessura, 143 gramas de peso, tecnologia de áudio Beats by Dr Dre (como vem sendo tradicional nos modelos mais recentes da HTC) e saída MHL-HDMI para conectar o smartphone na TV. O modelo estará disponível em versões de 32 e 64 GB de armazenamento interno, e sua câmera pode fazer gravação de vídeos em Full HD (1080p) ou em HD (720p), ambos a 30 FPS.

O HTC One chega ao mundo com um objetivo claro: bater de frente com os principais smartphones do mercado atual. O grande problema é que ele vai enfrentar não só a atual concorrência pesada, mas principalmente os novos modelos que vão chegar ao longo desse primeiro semestre de 2013. Por outro lado, não deixa de ser uma excelente opção, principalmente no que se refere ao seu hardware, que é um dos mais avançados para um smartphone Android.

É uma pena que esse produto jamais vai chegar ao Brasil.

Via SlashGear