HTC

 

A HTC confirmou oficialmente que está abandonando o mercado de smartphones econômicos.

A decisão se tornará efetiva ainda em 2017, e não tem uma duração específica. Ou seja, não é uma saída definitiva, dando margem para um eventual retorno nesses lançamentos. Mas levando em conta a situação atual da HTC e o nulo efeito de suas medidas para se recuperar no mercado, é possível que esta seja uma decisão de longo prazo.

 

Por que a HTC tomou essa decisão?

 

O principal (e óbvio) motivo está nas vendas ruins, mas some à isso a baixa margem de lucro gerado pelos modelos de entrada.

Porem, isso não quer dizer que mercado de smartphones de entrada não tem valor. Pelo contrário: muitos usuários não podem (ou não querem) gastar muito dinheiro em um smartphone.

É muito mais culpa apenas da HTC por chegar na situação em que se encontra. Basta olhar as especificações dos seus dispositivos de entrada e seus preços: são caros demais para o que oferecem.

Se um produto tem uma relação custo-benefício ruim, é normal que ele não se venda. E retirar-se desse mercado no lugar de mudar o cenário é praticamente uma confissão de culpa.

 

Via Fudzilla