A HTC apresentou uma nova versão do HTC Vive VR independente, sem depender de computadores pessoais para funcionar.

O dispositivo parece idêntico ao que a HTC desenvolveu para a plataforma DayDream da Google. O produto vai utilizar um smartphone para funcionar, e será distribuído no mercado internacional.

O HTC Vive VR independente terá (inicialmente) venda exclusiva na China e será desenvolvido em parceria com a Qualcomm, com um chipset Snapdragon 835.

Também terá uma tecnologia de rastreamento posicional e plataforma diferentes. O modelo internacional utiliza o WorldSense da Google, e o Vive VR independente vai usar o Snapdragon VR, executando a plataforma HTC Viveport. Especificações, preço e datas de lançamento não foram reveladas.

A HTC quer oferecer uma experiência de realidade virtual mais acessível, buscando uma audiência mais ampla. Todos os conteúdos estarão disponíveis no Viveport, onde os usuários vão encontrar as experiências de realidade virtual.

Vale lembrar que o HTC Vive já é bastante popular na China, mas muitos ainda se afastam dos dispositivos de realidade virtual pela necessidade de ter um PC potente para o seu uso.