hp

É tempo de fazer dinheiro no mundo da tecnologia. E a HP, que parece ter algumas patentes que ela não vai usar para nada, vai tentar levantar um capital, que não faz mal para ninguém.

Segundo uma recente matéria publicada na edição impressa da Bloomberg, a HP tem planos de vender algumas de suas patentes relacionadas ao segmento de mobilidade, e apesar da publicação não revelar detalhes sobre quais patentes seriam, ou quando eles pretendem iniciar as operações de venda, é certo dizer que essas patentes estão relacionadas com o webOS.

A HP adquiriu o webOS quando eles compraram a Palm em junho de 2010. Para adquirir a Palm, o webOS e suas patentes, eles gastaram US$ 1.2 bilhão. Depois disso, eles não tiveram muita sorte com a nova plataforma: no começo de 2011, a HP lançou alguns dispositivos que executavam o webOS, mas em agosto do mesmo ano, depois de vendas realmente muito baixas, a empresa decidiu retirar os produtos do mercado, tornando o webOS um sistema de código aberto.

É correto dizer que a HP tem um grande número de patentes, mas até o momento, não está claro se a HP pretende vender todas essas patentes de mobilidade, ou se apenas uma parte dessas patentes. O que pode ser considerado certo é o objetivo inicial da empresa com essa suposta venda: recuperar parte dos US$ 1.2 bilhão pagos na compra da Palm.

A HP não comenta sobre o assunto. Antes dessa notícia, haviam rumores que a empresa estava trabalhando em novos dispositivos, incluindo um smartphone com o sistema Android, e outro, com o Windows Phone.

Via Geeky Gadgets