O CEO da HP, Mark Hurd, resolveu deixar claro que não pretende entrar no mercado de dispositivos móveis. Na conferência para investidores do Bank Of America Merrill Lynch, Hurd explicou que o que interessa à Palm é a propriedade intelectual e, mais especificamente, o webOS, com o qual eles vão poder fabricar diversos pequenos dispositivos para conexão na web. Não dá pra dizer que ele está de todo errado, e que a grande maioria dos fãs de tecnologia estão ansiosos para ver um bom tablet com webOS, mas distanciar-se do mundo dos mobiles pode ser algo equivocado. Se era pra se interessar só no webOS, bastava injetar um pouco de dinheiro na Palm para poder ter um desenvolvimento mais rápido dos produtos, além de investir na publicidade que promova isso. E não enterrar a Palm de vez, para não entrar em um mercado que eles já estavam adentrando.

Fonte