A Huawei apresentou oficialmente na China o Honor Note 10, que recebe especificações muito competitivas.

O Honor Note 10 é mais um modelo com tela full frontal (ou com bordas mínimas), mas sem o notch. Estamos diante de uma tela de 6.95 polegadas (Full HD+, 2280 x 1080 pixels, 18.5:9, 355 pixels por polegada).

Sua traseira é bem limpa, recebendo um leitor de digitais e a câmera, além do logo da empresa, de forma bem sutil.

 

 

O modelo recebe um processador HiSilicon Kirin 970 octa-core a 2.4 GHz e 1.8 GHz, com um sistema de refrigeração interno com tecnologia GPU Turbo. Desse modo, o smartphone dissipa melhor o calor em momentos de maior desempenho.

O Honor Note 10 conta com 6 GB ou 8 GB de RAM, trabalhando com 64 GB ou 128 GB. Todos os modelos conta com expansão de armazenamento via microSD.

 

 

Nas câmeras, ele recebe um sensor traseiro duplo de 24 MP + 16 MP (f/1.8), que se aproveita da inteligência artificial para os diferentes cenários de fotografia. Na parte frontal, o modelo possui um sensor de 13 MP (f/2.0).

Vale destacar os diferentes modos de câmera presentes no software de fotografia (Super Night, Modo profissional, câmera lenta, Panorama, HDR, Marca d’água, Captura de sorriso, controle por voz, disparo touch, preto e branco, escaneio de documentos ou time lapse).

 

 

Nas demais características, o Honor Note 10 está gerenciado pelo Android 8.1 Oreo, trabalhando com uma bateria de 5.000 mAh com recarga rápida. Muito provavelmente o modelo vai aguentar mais de um dia de uso sem maiores problemas.

O Honor Note 10 já pode ser reservado na China, e as vendas começam no dia 10 de agosto. Estes são os preços de acordo com as versões:

– 6 GB RAM + 64 GB: 350 euros
– 6 GB RAM + 128 GB: 400 euros
– 8 GB RAM + 128 GB: 450 euros