Samsung-Galaxy-S7-Edge

Nem tudo é perfeito nesse mundo, e toda unanimidade é burra. Com essas duas frases em mente, Marques Brownlee fez o seu hands-on do Samsung Galaxy S7 Edge, e apresenta alguns dos principais pontos negativos do novo smartphone. Na opinião dele, é claro.

 

Nem todo mundo pode gostar de tudo, não é mesmo?

Por exemplo, ele cita no vídeo as marcas de dedo que ficam no dispositivo, algo que alguns dos usuários da Samsung não estão muito familiarizados (talvez por conta do policarbonato na maioria dos smartphones?). Sem falar que ele fez críticas ao hardware do dispositivo, e em como o software acaba impactando na experiência de uso.

Outra observação que pode parecer irritante é o fato da Samsung imprimir o botão de Voltar (da interface Android) do lado direito do dispositivo, diferente do que normalmente temos nos dispositivos com o sistema operacional do Google. E outro problema citado é a grande quantidade de aplicativos que acompanham o smartphone, como por exemplo dois apps para e-mail e quatro apps para música.

Algumas reclamações procedentes, outras podem parecer pegação no pé. Fato é que não se pode agradar a todos.

 

Samsung Galaxy S7 e Galaxy S7 Edge no Brasil

galaxy-s7-edge-tree-colors

Vale a pena lembrar que os novos smartphones top de linha do portfólio da Samsung, o Galaxy S7 e o Galaxy S7 Edge foram oficialmente anunciados no Brasil na noite de ontem (17). Os modelos que chegam ao mercado brasileiro contam com os processadores Exynos 8890 octa-core, com 4 GB de RAM e 32 GB de armazenamento. Disponível em três opções de cores (preto, cinza e dourado), os novos smartphones chegam ao mercado com os preços de R$ 3.799 para o Galaxy S7, e R$ 4.299 para o Galaxy S7 Edge.

Para mais informações sobre esses novos modelos, clique aqui.

A seguir, o vídeo com o review tão negativo (que vale a pena ser observado com atenção).

 

Via BGR