É um tema polêmico, que beira o absurdo, mas é bem fácil de resolver.

Para muita gente, jogar a 30 FPS pode ser aceitável para determinados tipos de jogos, como por exemplo aqueles que tem um desenvolvimento por turnos, jogos de câmera em terceira pessoa ou jogabilidade lenta ou média, além dos jogos de RPG em tempo real.

Já os 60 FPS são considerados (quase) imprescindíveis em jogos de ação em primeira pessoa ou naqueles onde o tempo de resposta é considerado essencial.

O vídeo no final do posto mostra um comparativo com o GTA funcionando a 30 FPS e a 60 FPS. É um comparativo simples, mas cumpre o seu objetivo: mostrar as diferenças entre jogar com diferentes taxas de fotogramas por segundo.

Qualquer pessoa será capaz de ver as diferenças, mas tudo é uma questão de gosto. Veja o vídeo e tire suas próprias conclusões.