xsony-playstation-4-00.jpg.pagespeed.ic.euwc3_6YOg

De novo: até parece que isso é bullying. Apenas poucas horas depois da Microsoft anunciar que o Xbox One só vai permitir que os assinantes da Xbox Live Gold gravem os seus jogos em vídeo, a Sony informa (ou melhor lembra) que todos os usuários do PlayStation 4 poderão gravar suas partidas, sem a obrigatoriedade de uma assinatura na PlayStation Plus.

O chefe da Sony Computer Entertainment Worldwide Studios, Shuhei Yoshida, informou em sua conta no Twitter o posicionamento do fabricante japonês e do seu respectivo console da próxima geração sobre a questão. Quando questionado nessa manhã sobre o assunto por um usuário, Yoshida confirmou que não será necessário ser membro da PlayStation Plus para gravar e transmitir os gameplays de jogos.

Independente de qualquer teoria conspiratória/provocativa, isso ao meu ver são negócios e nada mais. A Sony está, claramente, aproveitando toda e qualquer oportunidade que a Microsoft oferece para mostrar as vantagens do PS4 em relação ao Xbox One. Até porque eles mesmos entenderam que oferecer um ótimo produto não é o suficiente. É necessário explorar os pontos fracos do concorrente.

Ao mesmo tempo, a própria Sony precisa se apressar. A Microsoft já informa que vende hoje mais consoles Xbox One do que modelos do Xbox 360, e mesmo em fase de pré-venda. Aqui no Brasil, não sabemos quanto vai custar o PS4, e já estamos em agosto (o console tem previsão de lançamento para o mês de novembro). Essa mesma estratégia se repete em grande parte dos principais mercados da Sony.

Vamos esperar os próximos capítulos dessa interessante disputa.

Via DualShockers, Engadget, Twitter