gradiente-tegra-note

A Gradiente recentemente recebeu notoriedade pelas polêmicas com um certo nome de um determinado produto muito famoso, cujo nome começa com a letra “i”. Nesse caso, o nome está OK, mas o adjetivo pode ser um tanto arriscado para esse segmento. De qualquer forma, a partir do dia 25 de outubro, o tablet Gradiente Tegra Note TB 750, “o tablet mais rápido do mundo” (segundo palavras da Gradiente, que fique bem claro), começa a ser comercializado no mercado brasileiro.

O produto é resultado de uma parceria entre a Gradiente com a NVIDIA, e se destaca por contar com um processador NVIDIA Tegra 4 e a tecnologia Stylus. O modelo também promete uma maior qualidade de áudio e gráficos, além de uma bateria com autonomia de uso de até 10 horas. Outro destaque do modelo é a presença do sistema operacional Android em estado puro (se informar qual versão – supomos que seja, pelo menos, o Android 4.2.2 Jelly Bean), sem nenhuma customização da interface de usuário, e com o selo Google de produto licenciado.

O Gradiente Tegra Note TB 750 possui as principais características técnicas:

– processador NVIDIA Tegra 4 com GPU GeForce com 72 núcleos, gerenciados por uma CPU ARM Cortex-A15 quad-core.
– tecnologia DirectStylus da NVIDIA, para utilização de uma caneta Stylus (inclusa no kit de venda), para escrita, desenhos e anotações (com a ajuda de aplicativos pré-instalados)
– tecnologia PureAudio da NVIDIA, que oferece uma maior faixa de frequência de áudio, além de alto-falantes frontais estéreo e saída exclusiva para os sons graves
– câmera com recurso HDR integrado e arquitetura de fotografia NVIDIA Chimera, além de captura de vídeos a 100 FPS em câmera lenta
– NVIDIA TegraZone (central de jogos otimizados para o processador Tegra)
– bateria com autonomia prometida de até 10 horas de reprodução de vídeos em HD

O produto será demonstrado durante a Brasil Game Show 2013, entre os dias 26 e 29 de outubro, em São Paulo. Seu preço sugerido é de R$ 999,00.

tabela-gradiente-tegra-note

Via Blog NVIDIA