Com uma parte exterior idêntica a de um GPS comum, que mostra as instruções turn-by-turn para automóveis, agora temos este que servem para guiar os pilotos entre as nuvens. A tela do Area é de 4,3″ e é touchscreen, com botões específicos para transporte terrestre e aéreo, que com certeza vão colocar um sorriso no rosto dos pilotos que gostam dos gadgets avançados da Garmin. Como principal exemplar, temos o 560, que ainda que não mostre, ele é um dispositivo de US$ 2000, com funções internas que, acreditem, só se fazem indispensáveis em grandes alturas. São vários modelos que vão desde os US$ 799 até os US$ 1999, com os nomes 500, 510, 550, 560. Os modelos 560 oferecem informações do tempo via XM e WX, e os modelos 550 e 560 oferecem diagramas Safe Taxi de aeroportos, com integração AOPA Airport Directory, além de opções avançadas para GPS terrestre. O lançamento oficial acontece em 5 de novembro, porém parece que já estão à venda em algumas lojas norte-americanas. Nada foi falado no que se refere à mapas latinoamericanos e europeus, porém, não devemos duvidar que se estes navegadores oferecem mapas dos seus países, o mapa aéreo também deve carregar.

Fonte