Já era de se esperar. Com o Andoid lutando para sair do mundo da telefonia móvel, antes que os netbooks, os navegadores pessoais parecíam ser os dispositivos mais adequados para o sistema do Google. Sabendo disso, a PC World internacional publica que o Mio, pensa em dar o primeiro passo dessa migração, adaptando sua linha MiBuddy ao sistema operacional de código aberto. Seu primeiro GPS Android (e o início do adeus ao Windows CE) terá uma tela touchscreen de 4,7″, um teclado slide, conexão à internet com navegador, WiFi e Bluetooth. É, tá mais pra dispositivo multimídia disfarçado de GPS. Não tem previsão de quando começa a ser vendido.

Fonte