chinaflag

A China decidiu incluir na sua lista negra de dispositivos proibidos alguns equipamentos da Apple. Mais precisamente: iPad Air, iPad mini, e toda a família MacBook.

Os funcionários das agências do governo chinês não poderão utilizar tais produtos de acordo com as novas ordens, já que segundo o entendimento dos seus governantes, tais produtos contam com “sérios problemas de segurança”. A decisão é mais uma entre a série de medidas do país asiático contra empresas do ocidente, depois de declarações de Edward Snowden sobre produtos como Windows 8, computadores da IBM, Apple, Google, Kaspersky e Symantec.

De acordo com a Bloomberg, a decisão é uma medida para garantir que os Estados Unidos não exerçam nenhuma influência sobre a China.

Via Bloomberg