650_1000_motorola-atrix-dock

Muitos de vocês certamente se lembram do Motorola Atrix, um smartphone que contava com a peculiaridade de, uma vez acoplado na carcaça de um portátil especial, oferecia uma experiência pensada para tarefas de produtividade no computador portátil. O conceito foi repetido algumas vezes, com destaque para os modelos ASUS Padfone (Infinity), e agora, pode ter um novo protagonista, com essa nova patente registrada pela Google.

A gigante de buscas da internet patenteou o mecanismo que caracteriza os chamados “smartphones conversíveis”. A patente fala de um “computador portátil e conectável a um smartphone”, o que daria a dita conectividade, oferecendo também o desempenho. O que não está claro é que essa patente possui alguma relação com algum produto real. Até porque o registro de uma patente não quer dizer necessariamente que temos novos produtos a caminho, mas sim uma garantia de poder utilizar essa mesma tecnologia no futuro, se quiser (ou processar alguém que a use de forma indevida).

650_1000_google-phone-laptop-patent

Mesmo assim, a ideia da Google pode ser uma virada nessa convergência que tanto se fala nos últimos tempos, e que poderia unir pela primeira vez o Android ao Chrome OS, ainda que as duas plataformas pareçam ter o seu futuro garantido e independente, se levarmos em conta as últimas declarações dos diretores da Google.

A ideia parece ter sentido, já que os Chromebooks justificam a sua razão de ser quando conectamos na internet, e nem sempre existe um WiFi por perto. Nessas horas, temos o tethering como recurso opcional, mas ter essa nova modalidade para reaproveitar nosso smartphone e transformá-lo em um “Chromebook” seria algo interessante. Veremos se a história fica por aí, ou se a Google realmente vai aproveitar essa ideia.

Via GigaOM, USPTO