google-chrome-logo-wallpaper

O Google tenta mais uma vez reduzir o consumo exagerado de RAM promovido pelo Google Chrome. A partir da versão 45 do navegador, a memória não utilizada será limpa por um sistema que vai atuar em cima das abas inativas, principalmente quando se usam sites complexos e que consomem mais recursos.

O Google informa que a redução será de 10% no uso da RAM de um modo geral, mas em sites web complexos (como o GMail), ela pode chegar a 25%. Por outro lado, o bloqueio de conteúdos em Flash não relacionados com os próprios sites web podem ajudar a prolongar a duração das baterias em até 15%.

Além da redução do consumo de RAM, o Google Chrome será capaz de calcular os recursos disponíveis para ele, podendo pausar as tarefas em segundo plano em uma aba até que o usuário clique sobre ela. Isso seria ativado no caso do Google Chrome detectasse que o computador não tem recursos suficientes para um bom desempenho.

 

Via The Next Web