yahoo-marissa

Que o Yahoo não passa por um bom momento, isso não é novidade. A empresa dirigida por Marissa Mayer não consegue levantar a cabeça, envolvida em um cenário que inclui agora o surgimento de rumores que indicam que a Google pode apresentar uma oferta de compra da empresa.

O Yahoo revelou no começo de fevereiro resultados fiscais com perdas de US$ 4.359 bilhões em 2015, além de anunciar um plano de corte de gastos que contemplavam demissões e o fechamento de escritórios em várias cidades ao redor do planeta. Com isso em mente, podemos entender por que a empresa abriu um período onde começou a aceitar propostas de compra, orientado para empresas interessadas em nas suas atividades operacionais na web e nos ativos na Ásia (Yahoo Japão), e dado que esse período se encerra no dia 11 de abril, tudo indica que a oferta da Google poderia chegar de última hora.

Outra gigante interessada é a Verizon, operadora de telefonia norte-americana, que já teria lançado uma oferta de US$ 8 bilhões pelo Yahoo.

É preciso esperar para ver se a notícias se confirma e qual será a oferta da Google. Sem falar que não podemos nos esquecer que a Microsoft pode ser mais uma das interessadas. O mais curioso disso tudo é que, em 2008, a gigante de Redmond ofereceu US$ 44.6 nilhões pelo Yahoo, que na época disse ‘não’.

Via The Verge