Se você acha que levar algumas semanas para corrigir a falha de um sistema operacional móvel “tempo demais” (e eu concordo com você), leia esse post com atenção.

Em 2010, um erro no Android foi reportado. Não por um, mas por uma série de outros usuários, que relataram o mesmo problema. E nada foi feito. Até agora. Do nada, mais de dois anos e meio depois do primeiro relato dessa falha, um funcionário do Google aparece no fórum de problemas e soluções do Android, informando que o problema será finalmente resolvido na mais recente versão do sistema, a 4.2 Jelly Bean. Incrível, não?

O problema está relacionado a impossibilidade de resolver um hostname em um domínio local. O erro é conhecido pelo número de código 8030, e é relativamente desconhecido pela a maioria dos usuários. De fato, para a grande maioria, nem chega a ser um problema, mas para quem detectou a falha, se sentiu no mínimo muito frustrado pela falta de empenho do Google em resolver o problema de forma mais ágil.

A falha se apresentava quando os usuários acessavam o endereço code.google.com, e quando os usuários se conectavam via WiFi em uma rede com um específico nome de domínio, os hostnames daquele domínio não se resolviam automaticamente, precisando de uma apêndice do domínio para o host. Como disse antes, na prática, a grande maioria dos usuários nem fazem ideia do que isso serve, ou nem chegaram a usar o smartphone ou tablet nessa situação.

Depois de anos de pedidos sem resposta, alguém no Google decidiu colocar a mão na massa, e publicou na área de comentários do fórum do Android: “a solução para esse problema foi alcançada, graças à Kevin Tang. A correção estará disponível na próxima atualização”. Depois dessa publicação, diversos usuários lotaram a área de comentários questionando sobre quanto tempo eles levaram para corrigir o problema, mas o Google não se pronuncia mais sobre o assunto.

No comentário, o Google explica que toda correção do Android envolve uma questão de priorização e de recursos disponíveis. Nem sempre eles contam com pessoas para atender os problemas que aparecem em cada recurso solicitado, e argumentam que a equipe responsável pelas correções não ficaram ociosas nesse tempo todo. Pedem desculpas pelo tempo que levou para corrigir esse problema, e não pode dizer quando a próxima versão (que traz a correção) vai sair. Só sabemos que será uma versão depois da 4.2 Jelly Bean.

Bom, para quem esperou mais de dois anos e meio, o que é esperar por… tempo indeterminado?

Via Android Police