google-pixel-c

Talvez a grande surpresa do evento da Google de hoje (29) foi o anúncio de um novo tablet, o Pixel C, que não é um Nexus, já que foi desenvolvido pela própria gigante de Mountain View. O modelo tem evidente objetivo de bater de frente com o Surface da Microsoft e o iPad Pro, sendo um híbrido orientado para a produtividade com o sistema Android.

 

Pixel C: com NVIDIA X1 e 3 GB de RAM

O novo Google Pixel C tem uma tela de 10.2 polegadas (2560 x 1800 pixels, 308 pixels por polegada), com brilho de 500 nits. Seu acabamento é de metal, com um corpo unibody com uma chamativa barra multicolorida, já vista no Chromebook Pixel.

No seu interior, temos um processador NVIDIA X1 quad-core, trabalhando com uma GPU Maxwell, 3 GB de RAM LPDDR4 e opções com 32 GB e 64 GB de armazenamento. Possui ainda conector USB Type-C para recarga da bateria, cuja capacidade não foi especificada.

google-pixel-c-3

O Google Pixel C surpreende pela aposta no Android, que não é o mais otimizado para os tablets – quem sabe agora começa a receber um melhor tratamento nesse aspecto, tanto por parte da Google como pelos desenvolvedores.

O “C” do Pixel C é de “conversível”, e para isso ele se vale de um teclado Bluetooth, disponível com um acabamento em couro ou alumínio. Nos dois casos, o acessório vai se conectar ao dispositivo de forma magnética, e o acessório atua para proteger a tela, como qualquer outro notebook faria, além de poder carregar a sua bateria com a bateria do tablet.

 

Google Pixel C: Preço e disponibilidade

google-pixel-c-2

O Google Pixel C tem preço inicial sugerido de US$ 499, para o modelo com 32 GB de armazenamento, e US$ 599, para a versão com 64 GB. O teclado tem preço sugerido de US$ 149. O tablet só deve chegar ao mercado no Natal em mercados selecionados, e não há previsão de lançamento para os diferentes mercados internacionais.

dsc2955-1 dsc2965-1 dsc2950-1 dsc2945-1 chromebook-pixel-c-1 chromebook-pixel-c-2-1