Google Pixel 2 XL

O JerryRigEverything publicou o seu famoso teste de tortura do Google Pixel 2 XL. Esse teste foi muito esperado, não apenas por conta da credibilidade do Zack, mas especialmente por verificar como esse modelo tão questionado se sai nesse tipo de teste.

Na prática, o Google Pixel 2 XL é mais do que uma versão alargada do Pixel 2 (que quase foi reprovado no teste de resistência). São modelos construídos por empresas diferentes, isso fica claro no teste de resistência, que apresenta resultados muito melhores.

Foram três etapas de testes: durabilidade de tela e painel frontal, com teste de resistência da proteção das câmeras e alto-falantes, além da respectiva suscetibilidade a riscos, o teste de chama e o teste de dobra.

O Google Pixel 2 XL é protegido por vidro Gorilla Glass 5, oferecendo assim uma boa resistência a riscos. Já na parte traseira, os riscos aparecem com relativa facilidade. O mesmo acontece com o leitor de digitais que, apesar de riscar, continua a funcionar.

Por fim, quando aplicada uma considerável força, a estrutura do smartphone aguentou a pressão e manteve a sua integridade (já o Pixel 2 falhou nesse ponto). Mesmo sem quebrar, a resistência à água do 2 XL ficou comprometida.

Vale ressaltar que esses testes representam situações surrealistas, mas que não deixam de ser bem informativos.

Vídeo a seguir.