google-no-ios

Google e Oracle se encontraram nos últimos dias imersos em um complexo processo judicial pelas licenças do Java. Apesar das tentativas dos advogados, algumas transcrições do que foi dito na sala de negociações foram publicadas, com informações peculiares envolvendo a gigante de Redmond. Por exemplo, em 2014, a Google desembolsou US$ 1 bilhão para a Apple, para que a barra de buscas do iPhone e iPad seguisse sendo sua.

Muito além desse valor, e como ocorre com outros fabricantes (como quase todos os de smartphones e tablets baseados no Android), a Google paga parte dos lucros de publicidade derivados de suas buscas. Nas declarações publicadas pela Bloomberg, é mencionada “uma divisão dos lucros que alcançou os 34% entre as duas empresas”, evidenciando que a quantidade real é muito superior a esse valor inicial.

Por outro lado, Annette Hurst, advogada da Oracle, revelou números sobre o Android até então desconhecidos para justificar as exigências do seu cliente pelo uso do Java: desde o seu lançamento, o Android já gerou US$ 31 bilhões em vendas, e US$ 22 bilhões em lucros para a Google.

Como você já pode imaginar, os protagonistas dessa história se dirigiram conta o juiz para evitar mais vazamentos, uma vez que são gigantes com cotação na bolsa, e que podem ser afetados com qualquer tipo de informação vazada. A Bloomberg reconhece que o arquivo com as transcrições “desapareceu”, sem dar maiores detalhes sobre o procedimento.

Via Bloomberg